BARREIRAS CORRE O RISCO DE FICAR SEM TRANSPORTE COLETIVO



A crise no transporte coletivo de Barreiras vem se agravando a cada dia e fala-se que a empresa Cidade de Barreiras pode deixar de operar o sistema o que provocaria graves prejuízos para a comunidade. O problema reside na queda de braço envolvendo a empresa, a Prefeitura, a Câmara Municipal e o Ministério Público. Cada um enxerga o problema de uma maneira e, até agora, não se chegou a um consenso para que a normalidade volte a um setor fundamental para a mobilidade urbana.

Em notas enviadas a Prefeitura e a Ufob, a Viação Cidade de Barreiras diz que vem cumprindo todos os pressupostos do edital de licitação mas que precisa de readequar os valores das passagens. A empresa, segundo fontes, estaria enfrentando turbulência e por conta destes problemas pode enfrentar tamanho estrangulamento com sérias consequências, sendo a mais grave delas, a suspensão dos serviços.

O Mural não conseguiu falar neste sábado com ninguém da Cidade de Barreiras para falar sobre o assunto. O tema preocupa à população que não pode ser privada deste importante serviço de utilidade pública que é o transporte coletivo. Sabe-se que o cenário econômico brasileiro provocou o fechamento de várias empresas em capitais e em cidades do interior ocasionando demissões em massa e tirando o sossego de muitas famílias.  É preciso evitar que isso aconteça em Barreiras.
BARREIRAS CORRE O RISCO DE FICAR SEM TRANSPORTE COLETIVO BARREIRAS CORRE O RISCO DE FICAR SEM TRANSPORTE COLETIVO Reviewed by Mural do Oeste on sábado, julho 16, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.