BRASILEIROS INVESTEM 30 MILHÕES DE EUROS NO SETOR IMOBILIÁRIO PORTUGUÊS


Brasileiros já investiram cerca de 35 milhões de euros na economia de Portugal, nos últimos anos. O valor é destinado ao setor imobiliário do país, que hoje oferece condições vantajosas para quem deseja adquirir um imóvel, especialmente em tempos de crise. O assunto foi o atrativo para que empresários baianos se reunissem em Salvador, nessa terça-feira (26/7), no 30º Fórum [B+], no restaurante Baby Beef Alvarez.

“Portugal é um país que oferece localização estratégica, PIB em ascensão, incentivos fiscais, boa qualidade de vida, segurança, lazer, além do turismo. Ou seja, é um investimento profícuo, que vale a pena apostar”, explica o fundador da Quintela e Penalva Imobiliária, Francisco Quintela. O convidado, que palestrou no evento, destacou que “o país é o segundo da União Europeia onde é mais simples criar uma empresa, levando-se, em média, de dois a cinco dias para abrir um negócio. Já registrar uma propriedade não demora mais do que 24 horas”.


Ainda na ocasião, o empresário português afirmou que Salvador foi a terceira capital escolhida para sediar o bate-papo, devido ao perfil próspero dos negócios baianos. “Fizemos duas edições, uma em São Paulo e outra no Rio de Janeiro, e o retorno foi bom e imediato lá fora. A expectativa para a capital baiana é a mesma”, pontua Quintela.

Incentivos fiscais e Golden Visa
Os incentivos fiscais são os grandes atrativos de Portugal e, por isso, têm atraído brasileiros que querem ganhar dinheiro, adquirindo um imóvel. “O estatuto do residente não habitual em Portugal concede, dentre outros, uma isenção fiscal de dez anos, desde que ele fique 183 dias, por ano, no país”, explica o diretor comercial da Quintela e Penalva, Pedro Marques, que também palestrou no 30º Fórum [B+].

Já o advogado especialista em Direito Imobiliário, João Vaz, explanou para o público como ocorre a liberdade de aquisição, detenção e alienação de um imóvel em Portugal, para pessoa física e jurídica, apontando o Golden Visa ou Programa de Autorização de Residência (ARI) como motivador. “Já foram concedidos mais de 1.500 vistos, sendo que os brasileiros lideram o ranking. As autorizações especiais de residência são válidas por cinco anos para estrangeiros que compram imóveis acima de 500 mil euros”, esclarece Vaz.

“Passados os cinco anos, o visto pode ser renovado a cada dois anos, desde que fique comprovado que o proprietário ainda possui o imóvel. Além disso, é possível estender o bem ao cônjuge e filhos dependentes financeiramente, condição que deve ser comprovada”, enfatiza.
Fóruns [B+]

Realizados na capital e no interior da Bahia, em uma iniciativa do Grupo [B+], os fóruns têm a missão de fomentar discussões que movimentam o mundo dos negócios, além de ampliar o networking dos participantes.




Nesta edição, o diretor de publicações do Grupo, Claudio Vinagre, destacou a importância de eventos com essa abordagem em Salvador. “Os brasileiros já vêm se destacando nos investimentos em Portugal e chegou a vez dos baianos aproveitarem este boom".


Tribuna da Bahia 
BRASILEIROS INVESTEM 30 MILHÕES DE EUROS NO SETOR IMOBILIÁRIO PORTUGUÊS BRASILEIROS INVESTEM 30 MILHÕES DE EUROS NO SETOR IMOBILIÁRIO PORTUGUÊS  Reviewed by Mural do Oeste on quinta-feira, julho 28, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.