HERÓI OU VILÃO? VEJA REMÉDIOS QUE PREJUDICAM A SAÚDE BUCAL

Não é segredo para ninguém que o açúcar é o grande vilão da saúde bucal. E claro, é ele o maior culpado pelo fato de alguns remédios fazerem mal aos dentes

Verdadeiras salvações em casos de dor e doenças, alguns medicamentos contém substâncias que podem destruir seu sorriso.

quando temos alguma doença ou estamos sentindo dor, existem remédios que são verdadeiras salvações. No entanto, alguns deles têm uma composição perigosa para a saúde bucal. Segundo a Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas (APCD), cerca de 40% das pessoas ingerem ao menos um tipo de medicamento diariamente que pode prejudicar os dentes. Será que alguns deles estão na sua lista?


Fama antiga 
Podemos começar falando dos antibióticos, pois é possível que você já tenha ouvido de alguém (principalmente de uma pessoa mais velha) que esse medicamento pode causar cárie e estragar os dentes. Isso não é verdade, pelo menos não totalmente.


Antigamente o antibiótico mais receitado para qualquer infecção era o que tinha como base uma substância chamada Tetraciclina. Embora muito eficiente e com amplo aspecto, especialistas começaram a perceber que se ele fosse ingerido durante a gestação ele poderia prejudicar a formação óssea do feto, afetando os dentes.


Desde então, esse tipo de medicamento não foi mais receitado para mulheres grávidas. No entanto, ele nunca teve o poder de causar cáries. Nem ele, nem nenhum outro tipo de antibiótico.

“Não há estudos que comprovem esta teoria, pois os antibióticos não estão entre os fatores causadores da cárie. Já o Tetraciclina quando utilizado no período em que os dentes estão em formação podem induzir o aparecimento de manchas e de uma coloração amarelada ou marrom acinzentada”, diz Simone Matos, ortodontista da Well Clinic.

Açúcar, o grande vilão 
Não é segredo para ninguém que o açúcar é o grande vilão da saúde bucal. E claro, é ele o maior culpado pelo fato de alguns remédios fazerem mal aos dentes. Podemos ver isso no caso dos próprios antibióticos. Para que esse tipo de medicamento seja mais bem aceito pelas crianças (pois remédio nenhum tem um gosto original bom) as indústrias farmacêuticas enchem os produtos de sacarose, adocicando seu gosto. O mesmo acontece com os xaropes e os remédios para asma.

“Eles geralmente apresentam-se sob a forma de suspensão, adocicadas e com alto teor de acidez. Essa combinação favorece a perda da porção mineral da estrutura dentária”, diz a especialista.

Ainda segundo ela, uma combinação de fatores pode levar esses remédios a causar problemas bucais mais sérios. “Geralmente os pais de crianças enfermas são menos rigorosos com a higiene bucal dos seus filhos. Uma criança que toma medicamentos adocicados e ácidos e tem uma higiene negligenciada certamente apresentará maior risco de ter problemas dentários, principalmente se o tratamento durar um longo período”, diz Simone. 

Uma forma de amenizar esses efeitos, sem ter que parar o tratamento, é reforçar a higienização bucal com o uso de escova de dente e fio dental. Se você estiver fora de casa e escovar os dentes for impossível, tome um pouco de água e faça bochecho com ela para que o remédio seja diluído e ataque menos a superfície dental.

Boca seca 
A xerostomia é o nome que se dá ao fenômeno da boca seca. Esse problema, que pode causar dificuldades para falar, comer e engolir, ardência bucal e um gosto amargo na boca, pode aparecer em decorrência de vários fatores, entre eles o uso de alguns medicamentos.

“A xerostomia pode estar relacionada à medicamentos que afetam as glândulas salivares reduzindo sua produção como: os antidepressivos, anti-hipertensivos, sedativos e etc”, diz a especialista. Ainda podemos colocar nesta lista alguns antialérgicos, remédios contra náuseas, diuréticos e o omeprazol.

Se o seu remédio está nesta lista e está te causando algum problema você pode tentar conversar com o seu médico e ver a possibilidade de trocar a mediação.

“Tomar bastante água e evitar aquelas que contenham cafeína como café, chá e refrigerantes, mascar chicletes ou chupar balas sem açúcar para o estimulo do fluxo salival e fazer uso de saliva artificial também ajudam muito. Mas é importante que se diga: ao fazer uso de qualquer um desses medicamentos citados o ideal é fazer uma consulta com um cirurgião dentista para um acompanhamento e orientação”, diz Simone. 


Agência Beta


HERÓI OU VILÃO? VEJA REMÉDIOS QUE PREJUDICAM A SAÚDE BUCAL HERÓI OU VILÃO? VEJA REMÉDIOS QUE PREJUDICAM A SAÚDE BUCAL Reviewed by Mural do Oeste on terça-feira, julho 19, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.