expr:class='data:blog.pageType'>

HOTEL QUE VAI RECEBER DELEGAÇÕES OLÍMPICAS PASSA POR VARREDURA DE SEGURANÇA






Todo o terceiro andar do Hotel Stella Maris, em Salvador, passou por uma varredura nesta terça-feira (27) para receber a delegação de Fiji, que chega nesta madrugada para disputar os Jogos Olímpicos. Também no hotel, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) realizou uma simulação, quando três atores foram presos pela Polícia Civil. No enredo do treinamento, a prisão foi o resultado de uma investigação que levou ao momento em que terroristas e traficantes negociavam a venda de armas no quarto do hotel.

Para a varredura no terceiro andar do hotel, homens do Esquadrão Antibombas da Polícia Militar e da Marinha, além de agentes da Comissão Nacional de Energia Nuclear, utilizaram cães e equipamentos em busca de qualquer tipo de ameaça. Após a varredura, todo o andar ficou isolado até a ocupação pela delegação.

De acordo com o capitão Erico de Carvalho, comandante da Companhia Antibomba do Bope, 25 pessoas participaram da varredura. “Cumprimos nosso planejamento, fizemos a operação e vistoriamos tudo. Não há nada que ofereça perigo químico, radiológico, biológico ou de bomba à delegação”.

Simulação


Já a simulação teve a participação de 30 policiais civis, militares e de outras forças. “Com certeza, a Segurança Pública está forte e preparada. Temos uma Polícia Militar atuante, uma Polícia Civil sempre presente, e essa simulação é importante para deixar o efetivo em melhores condições. A repetição à exaustão leva à perfeição. Com o treinamento, teremos a chance de uma resposta mais eficiente, caso seja necessário”, afirmou o delegado André Viana, que coordenou a simulação.


O delegado João Gaudêncio, membro da Comissão Estadual de Segurança para Grandes Eventos (Coesge), destacou que o contexto da simulação começou no ferryboat, onde a Marinha apreendeu armas, prendeu um traficante e obteve informações que levaram à negociação no hotel.

“As informações foram passadas para o Centro de Comando e Controle Regional e, com a integração com as outras forças, localizamos essa negociação de venda de armas. É importante deixar claro que isso foi apenas uma simulação, desde a operação no ferry até esta etapa no hotel”, explicou Gaudêncio.

Adultos e crianças hospedados no hotel, que também vai receber as delegações do México e da Coreia, acompanharam a simulação, fizeram selfies e tiraram fotografias. A turista alemã Ana Oleskov, 26 anos, não vai ficar na Bahia até as Olimpíadas, mas disse que a simulação e a varredura realizadas no hotel deram a sensação de segurança aos turistas. “Eu me sinto mais segura porque a gente vê a ação acontecendo. Isso é bom”.

Fotos: Mateus Pereira/GOVBA
HOTEL QUE VAI RECEBER DELEGAÇÕES OLÍMPICAS PASSA POR VARREDURA DE SEGURANÇA HOTEL QUE VAI RECEBER DELEGAÇÕES OLÍMPICAS PASSA POR VARREDURA DE SEGURANÇA Reviewed by Redação Mural do Oeste on quarta-feira, julho 27, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.