METADE DOS JOVENS DEPENDE DE PROGRAMAS DO GOVERNO PARA CURSAR UNIVERSIDADE

   Metade dos jovens depende de programas do governo para cursar universidade

Pesquisa apresentada nesta quarta-feira (20) pela Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES) mostra que 50,5% dos jovens que pretendem ingressar em curso superior de universidade não têm condições de pagar as mensalidades e precisam da ajuda de programas de financiamento do governo. Entre os entrevistados, 37,3% informaram que poderia pagar as mensalidades e 12,2% disseram que talvez tenham condições de pagar. O estudo ouviu mil brasileiros com idade entre 18 e 30 anos, com ensino médio completo. Ao serem questionados sobre o interesse em pleitear uma bolsa pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) – que concede bolsas parciais e integrais, com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – 57,9% disseram que tentariam ingressar no programa, 38,1% não têm interesse no auxílio e 4% não souberam responder.
Sobre o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), 50,3% dos entrevistados tentariam essa modalidade, 41,4% não tentariam e 8,3% não souberam responder. O Fies é um empréstimo para custear graduação em instituição privada de ensino a uma taxa de juros de 6,5% ao ano. O percentual de custeio varia conforme a renda familiar mensal. Segundo a Agência Brasil, a pesquisa também perguntou aos estudantes o que pensam sobre a proposta de redução de investimentos em educação pelo governo federal. A maioria (75%) disse que é contrária ao corte. Sobre a cobrança de mensalidades por universidades públicas, mais da metade (57,3%) também se opôs à proposta. Se pudessem escolher, 71,2% dos entrevistados optariam por uma universidade pública, enquanto 25,1% escolheriam uma instituição particular e 3,7% não responderam.
METADE DOS JOVENS DEPENDE DE PROGRAMAS DO GOVERNO PARA CURSAR UNIVERSIDADE METADE DOS JOVENS DEPENDE DE PROGRAMAS DO GOVERNO PARA CURSAR UNIVERSIDADE Reviewed by Mural do Oeste on quinta-feira, julho 21, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.