PETROBRAS AFASTA GERENTE APÓS SUSPEITAS SOBRE INGRESSO NO CARNAVAL DE SALVADOR

   Petrobras afasta gerente após suspeitas sobre ingressos no Carnaval de Salvador

A Petrobras afastou nesta quinta-feira (21) Luis Fernando Maia Nery, da gerência executiva de comunicação da estatal, após suspeitas de que recursos da estatal bancaram ingressos para políticos. Segundo o jornal O Globo, ele é funcionário de carreira da empresa e será alocado em outra função. A empresa não afirma que o afastamento tem relação com os recursos suspeitos destinados ao Carnaval de Salvador, mas na mesma nota em que divulgou a decisão ela aponta que quer concluir a apuração sobre as irregularidades na gerência até o final do mês. No texto, a Petrobras relata que vai informar a órgãos de investigação sobre as conclusões da apuração interna. A denúncia do jornal O Globo aponta que a companhia utilizou R$ 1,15 milhão com ingressos para camarotes no Carnaval de Salvador entre 2011 e 2013.
Entre os beneficiados está o filho do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, Gabriel Mendes, o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), e o atual secretário de Turismo do estado, Nelson Pellegrino. Além disso, a Petrobras teria destinado R$ 8,6 milhões a duas empresas de eventos da família de Viviane Tripodi. Parte do valor - R$ 880 mil - foi usado em um trio elétrico da artista.
PETROBRAS AFASTA GERENTE APÓS SUSPEITAS SOBRE INGRESSO NO CARNAVAL DE SALVADOR PETROBRAS AFASTA GERENTE APÓS SUSPEITAS SOBRE INGRESSO NO CARNAVAL DE SALVADOR Reviewed by Mural do Oeste on sexta-feira, julho 22, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.