EMPRESA PORTUGUESA 'EUROESTE' VAI PRODUZIR 100 MIL SUÍNOS POR ANO EM BARRA

   

A empresa Euroeste, de capital português, que adquiriu a fazenda Saudável, na Barra, com quatro mil hectares, pretende produzir e abater, em 3 anos, 100.000 suínos, com insumos originários das suas próprias lavouras de milho e com o farelo de soja do Oeste.

João Leão, vice-governador da Bahia e grande incentivador da instalação do Projeto, recordou a visita de Pedro Garcia de Matos, diretor da Euroeste,  à Bahia, “onde se deu a concretização do investimento na aquisição da Fazenda Saudável”, referindo que “o investimento agroindustrial da Euroeste na Bahia está em pleno desenvolvimento” e mostrando-se “entusiasmado” porque “o projeto está a avançar de forma célere”.

Para o vice-governador da Bahia, a produção anual de 100.000 suínos prevista na primeira fase do projeto da Fazenda Saudável irá aumentar a competitividade da carne produzida na Bahia: “Esta carne será altamente competitiva na Europa, uma vez que os suínos criados na Europa são alimentados com rações oriundas do oeste da Bahia. Produzindo aqui, mantém-se a qualidade e diminuem-se os custos de produção.”

Pedro Garcia de Matos explica a criação de economias de escala: “Em Portugal não tenho terra suficiente para produzir milho para rações que permitam alimentar todos os animais que o grupo cria. No Brasil posso cultivar milho suficiente para produzir rações para alimentar porcos em Portugal. E, dessa forma, fico autossuficiente, sem estar dependente da especulação sobre os preços das matérias-primas”.

A Euroeste tem também um projeto de 110 mil hectares, a maior parte irrigados, em Angola, onde produz, além de milho para os suínos, batata, cenoura e tomate, com manipulação desses legumes através de indústria própria.
EMPRESA PORTUGUESA 'EUROESTE' VAI PRODUZIR 100 MIL SUÍNOS POR ANO EM BARRA EMPRESA PORTUGUESA 'EUROESTE' VAI PRODUZIR 100 MIL SUÍNOS POR ANO EM BARRA Reviewed by Mural do Oeste on sexta-feira, agosto 26, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.