FILHOTE DE ONÇA-PRETA DO ZOOLÓGICO GANHA NOME DE ATLETA DO BOXE DA BAHIA

  Onça-preta que nasceu no Zoológico de Salvador (Foto: Inema/Divulgação)

Quase dois meses após o nascimento, o zoológico de Salvador já definiu o nome do novo filhote de onça-preta da unidade. Após votação popular, que contou com quase sete mil votos, os internautas decidiram batizar o animal como "Adriana", uma homenagem a boxeadora baiana Adriana Araújo, que foi bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Na Olimpíada do Rio, ela acabou não conquistando medalha. 

A votação, que ficou aberta no site do zoológico, contava com três nomes de atletas baianas que participaram da Rio 2016. Além de Adriana Araújo, o público pôde escolher entre na Ana Marcela (maratona aquática) e Graciete Moreira (maratona feminina).


O nome "Adriana" conquistou 56% dos quase sete mil votos do público, que começou a votar no dia 29 de julho. A onça-preta nasceu no dia 26 de junho e é uma fêmea. Esta é a segunda reprodução da espécie em menos de um ano no local.  Ela é prima de Diaurum, macho e primeira onça-preta que nasceu no zoológico de Salvador após dez anos.

Onça "Adriana"
Diferente do primo, a nova onça não precisou ir para o berçário, pois após os exames e procedimentos pós-parto foi confirmado que a novo filhote passa bem.
Conforme o Inema, o zoológico da capital baiana foi o primeiro do país a participar efetivamente em múltiplos programas de manejo, reprodução e pesquisa com espécies brasileiras.

Com relação a Diaurum, o animal pesa 32 kg e está em adaptação para passar a conviver com animais adultos da mesma espécie. Diaurum não poderá ficar no Zoológico de Salvador, pois de acordo com o Inema, foi avaliado que não se adaptaria na convivência com outro macho, neste caso o próprio pai. Contudo, não foi informado o local para onde o animal será transferido.
Espécie

A onça-preta ou onça-pintada (Panthera onca), maior felino das Américas, é o predador mais majestoso da fauna brasileira, com pelagem amarela, manchas pretas em forma de rosetas, ou no caso das melânicas, pelagem totalmente preta com rosetas aparentes quando expostos ao sol.

Os machos dessa espécie chegam a pesar 150kg de puro músculo e as fêmeas podem chegar a 90kg. A onça-pintada ocorre em todos os biomas do território brasileiro, porém, está ameaçada de extinção e sua principal ameaça é a perda de habitat e caça.


G1,BA
FILHOTE DE ONÇA-PRETA DO ZOOLÓGICO GANHA NOME DE ATLETA DO BOXE DA BAHIA FILHOTE DE ONÇA-PRETA DO ZOOLÓGICO GANHA NOME DE ATLETA DO BOXE DA BAHIA Reviewed by Mural do Oeste on quarta-feira, agosto 24, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.