JOVENS ACESSAM MAIS NOTÍCIAS POR CAUSA DE REDES SOCIAIS, AFIRMA ESTUDO

   Jovens acessam mais notícias por causa de redes sociais, afirma estudo

Um estudo elaborado pelo Centro de Estudos sobre Meios e Sociedade na Argentina aponta que o consumo de notícias pelos jovens está se transformando em uma prática incidental. Segundo informações do blog Novo em Folha, do jornal Folha de S. Paulo, a pesquisa foi feita com base em entrevistas com jovens de 18 a 29 anos, de classe média e média alta. Os resultados foram divulgados no artigo “O meio já não é meio nem mensagem”, publicado na revista digital Anfibia, e defende que a leitura de notícias está deixando de ser feita como atividade independente, passando a ser parte da socialização nas redes sociais.
Os pesquisadores afirmam que os entrevistados não entram na internet em busca de notícias, encontrando-as de forma ocasional nas redes sociais. Se decidem entrar no link, permanecem pouco tempo no conteúdo jornalístico, interrompendo-o rapidamente para voltar ao Facebook. “No geral, acesso [jornais] pelo Facebook porque alguém compartilhou uma notícia. Olho os títulos que estão na página e, se há algum que me chama a atenção, entro”, citou uma das entrevistadas, a universitária Maria, 22. Se dizendo “antiquada”, a estudante Romina, 19, respondeu ao questionário apontando ser ultrapassado o hábito de acessar os sites de jornais diretamente. “Se quero acompanhar uma notícia, abro o ‘La Nación’ na seção ‘último momento’, que vai atualizando a cada dois segundos. É assim que faço hoje, sou um pouco antiquada”, conta. Os celulares são os meios mais utilizados pelos usuários, seguidos de notebook, e em terceiro, televisão. A universitária Maria afirmou que seu televisor fica ligado, como pano de fundo de suas atividades. “Se tem algo que me chama a atenção, me sento”. 
JOVENS ACESSAM MAIS NOTÍCIAS POR CAUSA DE REDES SOCIAIS, AFIRMA ESTUDO JOVENS ACESSAM MAIS NOTÍCIAS POR CAUSA DE REDES SOCIAIS, AFIRMA ESTUDO Reviewed by Mural do Oeste on quarta-feira, agosto 10, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.