PESSOAS QUE RECEBIAM BOLSA FAMÍLIA DE FALECIDOS SÃO INVESTIGADOS NO PIAUÍ

   Famílias têm até dia 18 para atualizar os dados (Foto: Divulgação/Semas)

A abertura de inquéritos civis para apurar supostas fraudes no programa Bolsa Família em 49 municípios do Piauí pode acarretar no ajuizamento de ações penais por estelionato. Em entrevista ao G1, o procurador-chefe da Procuradoria da República no estado, Marco Aurélio Adão, destacou que são investigados casos de pessoas recebendo o benefício de falecidos, parentes de políticos beneficiados e servidores públicos que não atendem aos critérios.

Conforme o procurador, o cruzamento de dados feito pelo Ministério Público Federal (MPF) em todo o país apontou várias inconsistências no pagamento dos benefícios. Os casos podem resultar em ações penais por estelionato para quem burla o programa e crimes de improbidade para os gestores.
No Piauí, a maioria das cidades investigadas está localizada na região do semiárido e os inquéritos foram abertos de forma individualizada para cada uma.
A investigação é resultado de um trabalho de inteligência coordenado pelas câmaras Criminal e de Combate à Corrupção do MPF. O levantamento mostrou fortes suspeitas de pagamentos irregulares que ultrapassam a casa dos R$ 4 bilhões no país.


G1
PESSOAS QUE RECEBIAM BOLSA FAMÍLIA DE FALECIDOS SÃO INVESTIGADOS NO PIAUÍ PESSOAS QUE RECEBIAM BOLSA FAMÍLIA DE FALECIDOS SÃO INVESTIGADOS NO PIAUÍ Reviewed by Mural do Oeste on segunda-feira, agosto 15, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.