PETROLINA ESTÁ ENTRE AS DEZ CIDADES QUE MAIS CRIARAM EMPREGOS NA CRISE

   oie_161130199O3SwRFD

De acordo com o Cadastro Geral de Desempregados e Empregados (Caged), o Brasil já soma 11,6 milhões de pessoas sem trabalho em todas as suas regiões. O alto número de desocupados pode ser atribuído à crise econômica e ao fechamento de postos de trabalho em todas as áreas. Algumas localidades do país, entretanto, continuam gerando oportunidades, embora em menor escala em comparação com períodos de bonança para o Brasil.

Entre o início de 2014 e junho deste ano, por exemplo, a cidade de Canaã dos Carajás, no Pará, foi o município com o maior número de contratações de carteira assinada (um total de 5,1 mil) em todo o Brasil. O principal motor do feito foi um investimento de US$ 8 bilhões que está sendo realizado pela Vale para implantação de um complexo minerário de ferro. A construção civil também impulsionou o número de contratações no período.

Pernambuco

Duas cidades pernambucanas também aparecem bem colocadas no ranking. São elas Goiana, com geração de 3.545 oportunidades entre 2014 e junho de 2016 (em sexto lugar no ranking) e Petrolina, que aparece na oitava colocação, com criação de 3.323 empregos. Na primeira localidade, pesaram a instalação da fábrica da Jeep e o polo vidreiro local. Já em Petrolina, a maior parte da geração de emprego é proveniente do cultivo e processamento de frutas.

Com informações do NE10
PETROLINA ESTÁ ENTRE AS DEZ CIDADES QUE MAIS CRIARAM EMPREGOS NA CRISE PETROLINA ESTÁ ENTRE AS DEZ CIDADES QUE MAIS CRIARAM EMPREGOS NA CRISE Reviewed by Mural do Oeste on segunda-feira, agosto 22, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.