SECRETÁRIA DE SAÚDE REALIZA PALESTRA SOBRE A DOENÇA MUCOPOLISSACARIDOSES - MPS






Aconteceu na manhã dessa quinta-feira, 11, no plenário da câmara de vereadores, uma palestra educativa sobre a Mucopolissacaridoses, uma doença genética rara com diferentes subtipos, também conhecida como MPS. O evento foi uma realização da Secretaria Municipal de Saúde, Coordenação de Atenção Básica, Associação dos Familiares, Amigos e Portadores de Doenças Graves e Associação Baiana de Mucopolissacaridoses.


Esteve presente a secretária de saúde Elissandra Macêdo, da presidente da Associação Baiana de Mucopolissacaridoses, Marcia Oliveira, da enfermeira responsável pelo serviço genético do Hospital Roberto Santos de Salvador, Ana Alzira Sobral, médicos, enfermeiros, profissionais dos PSFs e funcionários da saúde.

As MPS(Mucopolissacaridoses) são doenças hereditárias do metabolismo que pertencem ao grupo de Doenças de Depósito Lisossômico (DDL). São causadas por deficiência de enzimas que digerem os glicosaminoglicanos (GAGs), levando ao acúmulo dos mesmos nas células e danificando, assim, órgãos e tecidos. “ Existe vários de tipos de MPS e geralmente apresenta um conjunto de manifestações clínicas, desde formas de progressão lenta com sintomas sutis até formas de progressão mais rápida com sinais clínicos evidentes. Todas as manifestações são graves”, disse a palestrante e enfermeira, Ana Alzira Sobral.

A maioria das crianças afetadas pelas MPS não apresenta sintomas ao nascer. Os indícios da doença surgem na medida em que os tecidos são afetados acúmulo de GAGs, comprometendo a qualidade de vida. “Esse momento é muito importante para esse público presente, porém, estamos dialogando sobre uma doença que devemos está informado. E desde já agradecemos a receptividade que recebemos ao chegar no município”, elogiou a presidente da Associação Baiana de Mucopolissacaridoses, Marcia Oliveira.

Segundo a enfermeira, Ana Alzira  a  “Mucopolissacaridose  do tipo VI (MPS VI), é resultado da deficiência de enzima, mas, o desenvolvimento intelectual não é afetado, ou seja, o  paciente possui inteligência normal. Porém, há um conjunto de sinais multissistêmicos que pode alertar o médico para o diagnostico. Esse sinais são, características faciais típicas (opacificação de córnea, macroglossia), mãos em garra, baixa estatura, patologia cardíaca, infecções de vias áreas de repetição, apneia do sono, presença de hérnia umbilical e dentre outros”, finalizou.
SECRETÁRIA DE SAÚDE REALIZA PALESTRA SOBRE A DOENÇA MUCOPOLISSACARIDOSES - MPS SECRETÁRIA DE SAÚDE REALIZA PALESTRA SOBRE A DOENÇA MUCOPOLISSACARIDOSES - MPS Reviewed by Mural do Oeste on sexta-feira, agosto 12, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.