BASE ALIADA ARTICULOU VOTAR ANISTIA A CAIXA 2

                                                                    Carlos Sampaio

A manobra para tentar votar de última hora uma proposta de anistia a políticos que tenham praticado caixa 2 nas campanhas eleitorais foi possível graças a uma articulação entre os principais partidos da base aliada do presidente Michel Temer e a oposição, entre eles PSDB, PMDB, DEM, PP, PT e PCdoB. A medida, que pode beneficiar investigados na Operação Lava Jato, só foi retirada de pauta após pressão de uma minoria de deputados que estavam na Câmara na noite desta segunda-feira, 19. Segundo o Estado apurou, a ideia de colocar a proposta em votação vinha sendo gestada há pelo menos três semanas por deputados e senadores com a participação de líderes. A iniciativa contou com o aval dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que ocupa interinamente a Presidência, e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Ambos negam. A articulação era para aprovar a proposta na Câmara e que, em seguida, fosse apreciada no Senado. A ideia era utilizar um projeto que tramita na Câmara desde 2007 e trata de regras eleitorais para incluir uma emenda anistiando o caixa 2, mas o texto com a alteração não foi tornado público. Na avaliação de deputados, a medida foi colocada em votação às pressas porque atendia a interesses de diversos partidos, especialmente os que estão implicados na Lava Jato. Uma das maiores empreiteiras do País, a Odebrecht, está prestes a concluir acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República. “Quem vai acreditar que não se quer livrar a cara de todos? Bem na hora em que as duas maiores empreiteiras do País negociam delação, a OAS e a Odebrecht, e têm uma mega lista de parlamentares implicados, o Congresso vem e quer passar uma borracha geral nisso?”, afirmou o deputado Ivan Valente (PSOL-SP). Outras motivações para querer aprovar o projeto a toque de caixa seriam a preocupação do governo com o processo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a chapa Dilma Rousseff e Temer, que tem como cerne a questão do caixa 2, além da previsão de aumento recursos ilícitos nas campanhas municipais deste ano por conta da dificuldade de arrecadação.

Fonte: Política Livre
BASE ALIADA ARTICULOU VOTAR ANISTIA A CAIXA 2 BASE ALIADA ARTICULOU VOTAR ANISTIA A CAIXA 2 Reviewed by Mural do Oeste on quarta-feira, setembro 21, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.