BRASILEIRA MORRE APÓS FAZER CIRURGIA PLÁSTICA NA VENEZUELA, DIZ FAMÍLIA


Uma brasileira de 36 anos morreu na madrugada de terça-feira (13) após complicações de um procedimento estético realizado na cidade de Puerto Ordaz, na Venezuela. Dioneide dos Santos Leite residia em Parintins, interior do Amazonas. A família da vítima acredita que a morte tenha sido ocasionada por erro médico.


Segundo familiares da mulher, a vítima havia sido submetida a uma cirurgia plástica nos seios, realizada no dia 3 de setembro, na clínica do cirurgião. Após complicações, ela foi transferida para um hospital público.


Ainda conforme relatos de familiares, Dioneide teria se consultado com o médico que a operou somente por telefone.

Luciana Araújo Leite, cunhada da vítima, disse que houve negligência médica. "Ele [médico] dizia que estava dando assistência, mas na verdade ele só fez jogar ela naquele hospital. Tinha uma equipe que começou a cuidar dela, e não ele. Agora, a gente quer justiça, com certeza. Isso não pode continuar dessa forma. Ela não é um animal", disse à Rede Amazônica.
Em uma rede social, Parintins constava como atual local de residência de Dioneide, enquanto Alenquer (PA) seria sua cidade de nascimento. O corpo da vítima ainda se encontra na cidade venezuelana.


G1 tentou localizar o médico cirurgião, mas não obteve sucesso.

Fonte: G1 Globo
BRASILEIRA MORRE APÓS FAZER CIRURGIA PLÁSTICA NA VENEZUELA, DIZ FAMÍLIA BRASILEIRA MORRE APÓS FAZER CIRURGIA PLÁSTICA NA VENEZUELA, DIZ FAMÍLIA Reviewed by Mural do Oeste on quarta-feira, setembro 14, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.