expr:class='data:blog.pageType'>

DELEGACIAS DO DF 'ACORDAM' FECHADAS EM ATO CONTRA ACÚMULO DE FUNÇÃO




Vinte e uma delegacias do Distrito Federal amanheceram fechadas nesta quinta-feira (15) porque, segundo o sindicato dos policiais civis, não possuem equipe completa – com delegado, escrivão e agente.  De acordo com a entidade, a medida visa a impedir o acúmulo de função dentro das unidades. A decisão do fechamento, entre 19h e 12h do dia seguinte, foi acordada em assembleia na quarta (14). Ao todo, o DF tem 31 delegacias circunscricionais.
Segundo a corporação, as ocorrências das delegacias são direcionadas para as Centrais de Flagrantes mais próximas. Os postos avançados da Polícia Civil da Estrutural e Candangolândia também ficam fechados.
Os policiais reivindicam reajuste de 37% nos salários e equiparação com a Polícia Federal. Eles estão em operação-padrão – também chamada de operação PCDF legal – desde julho. Com isso, investigações, intimações, protocolo de documentos e diligências ocorrem de forma mais restrita.
“Não adianta ocupar espaços sem pessoas. Não dá para deixar os agentes sozinhos. Temos que valorizar nossos recursos humanos”, afirmou o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do DF, Rodrigo Franco.
O dirigente sindical afirma que o ato tem o intuito de denunciar o “sucateamento das delegacias do DF”. Segundo ele, não há prazo para que as delegacias voltem a funcionar em horário integral.
“Hoje nós temos 22 delegacias do DF que possuem somente agentes de polícia e que trabalham sem a presença de um delegado ou escrivão. Quando esses agentes estão sozinho, acabam trabalhando no papel que não é o de origem. Portanto, com desvio de função, isso é ilegal”, afirmou Franco. O número foi reduzido no fim da noite.
Segundo o presidente do Sinpol, as nove delegacias do DF com equipe completa são a 1ª DP (Asa Sul), 5ª DP (Asa Norte), 6ª DP (Paranoá), 13ª DP (Sobradinho), 18ª DP (Brazlândia), 20ª DP (Gama), 21ª DP (Taguatinga Sul), 23ª DP (P Sul), 29ª DP (Riacho Fundo) e 31ª DP (Planaltina).
As 31 unidades circunscricionais atendem todo tipo de ocorrência e funcionam 24 horas por dia. O sistema conta com mais 15 delegacias especializadas.
“As centrais de flagrante (chamadas Ceflags) estão prejudicadas. Quando o flagrante chega, precisa de toda equipe para fazer as diligências corretamente. Da forma como está hoje, há um acúmulo de funções e os agentes não estão recebendo a mais por isso", diz Franco. Uma nova assembleia será realizada nesta sexta-feira (16), após a reunião de lideranças sindicais com o GDF – o encontro será mediado pelo Ministério Público.
Na última segunda-feira (12), os agentes protestaram Superior Tribunal Federal. O ato aconteceu no mesmo dia da posse da ministra Cármen Lúcia como presidente do STF, que contou com a presença de diversas autoridades – entre elas, o governador do DF Rodrigo Rollemberg e o presidente Michel Temer.


O protesto reuniu cerca de mil agentes. Eles se concentraram no gramado em frente ao Congresso Nacional e seguiram pela Esplanada dos Ministérios até a Praça dos Três Poderes.

Na última sexta-feira (9), a categoria rejeitou a nova proposta do GDF e decidiu manter a operação PCDF legal por mais uma semana. Antes, dirigentes do Sinpol se reuniram com o governo do DF em uma audiência de conciliação, mediada pelo Ministério Público. A audiência terminou sem acordo.
O “ato relâmpago” foi a primeira ação dos agentes nesta semana. A categoria diz que deve pressionar a direção geral da Polícia Civil para o fechamento de delegacias nos horários que chefes das unidades não estiverem presentes.
Entenda o caso

Os policiais reivindicam equiparação salarial com a Polícia Federal, que teve reajuste aprovado de 37% escalonado em três anos, a partir de 2017.

Na última proposta feita pelo GDF – e recusada pela categoria – foi proposto um reajuste dividido em cinco anos – 7% em 2017, 7,5% em 2018, 8,5% em 2019, 5% em 2020 e 4,5% em 2021. Segundo o GDF, o aumento de 37% de uma vez causaria um impacto de R$ 450 milhões por ano nas contas públicas.

"O GDF não apresentou nenhuma proposta e foi provocado pelo MP para que apresentasse um reajuste de 37% nos três anos [2017, 2018 e 2019]. Nós ficamos frustrados com a postura do governo", disse o presidente do Sinpol, Rodrigo Franco. A categoria espera uma proposta "plausível" na próxima audiência de conciliação, na sexta-feira (16).
Franco afirmou que a proposta "continua sendo um recuo e mantém a quebra da isonomia" com a Polícia Federal, uma vez que outra proposta do GDF – de 7% em 2017, 10% em 2018 e 10% em 2019 – já havia sido recusada pela categoria.
O chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio, disse ao G1 no mês passado que o governo não tem dinheiro em caixa e que, para dar aumento aos policiais, terá que cortar em outras áreas. Segundo ele, o Buriti ainda precisa encontrar R$ 1 bilhão para fechar as contas de 2016.
Dos R$ 32 bilhões do orçamento do GDF para 2016, R$ 26,2 bilhões serão destinados à folha de pagamento, entre salários e benefícios e sem contar os terceirizados, que entram no cálculo de custeio. O valor corresponde a 85% do total do orçamento.
'Mortômetro’ e ‘criminômetro’

Na assembleia desta sexta, os policiais aprovaram o fechamento dos postos de identificação com menos de três agentes em serviço e de delegacias sempre que não houver delegado de plantão.

A categoria também aprovou a instalação de um "mortômetro" e um "criminômetro" em diferentes pontos da cidade, para mostrar quantas mortes e crimes acontecem no DF diariamente.
Na última terça-feira (6), os policiais do DF colocaram 1.073 cruzes brancas de madeira no gramado em frente ao Congresso Nacional. Segundo os manifestantes, o número representa a quantidade de vítimas de homicídio e latrocínio registrada desde janeiro de 2015, quando Rodrigo Rollemberg assumiu o governo local.
De acordo com a entidade, entre janeiro de 2015 e agosto de 2016, foram mais de 50 mil roubos a pedestres no DF.
Fonte: G1 Globo
DELEGACIAS DO DF 'ACORDAM' FECHADAS EM ATO CONTRA ACÚMULO DE FUNÇÃO DELEGACIAS DO DF 'ACORDAM' FECHADAS EM ATO CONTRA ACÚMULO DE FUNÇÃO Reviewed by Redação Mural do Oeste on quinta-feira, setembro 15, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.