EM CARTA, 14 PADRES E BISPOS DA IGREJA ANGLICANA DIZEM QUE SÃO GAYS E PEDEM INCLUSÃO

   

Em carta conjunta enviada à alta cúpula da igreja Anglicana, 14 padres escreveram que são gays e pedem “total inclusão dos religiosos LGBT” na Igreja. A decisão dos padres aconteceu depois que, na semana passada, o bispo de Grantham na Inglaterra, Nicholas Chamberlein, revelar que é gay e que está em uma relação amorosa com uma pessoa do mesmo sexo.

De acordo com informações da agência de notícias Ansa, a carta foi assinada tanto por padres e bispos que já haviam comentado sobre a sua orientação sexual como também por religiosos que compartilharam pela primeira vez informações sobre seu casamento com pessoas do mesmo sexo.


Dos 14 religiosos que assinaram o documento oito revelaram seus nomes e seis esconderam sua identidade, para proteger a si e a seus companheiros Além disso, mais oito membros leigos da igreja que são da comunidade LGBTI e que estão casados também colocaram seus nomes na carta. Pelas doutrinas vigentes na Igreja Anglicana, casar com uma pessoa do mesmo sexo é proibido. 

Namoros homossexuais só são permitidos se não houver relações sexuais entre o casal.Na carta, os religiosos questionam isso. “É hora de respeitar que agora existe uma diversidade na teologia dentro da Igreja e que há mais de um entendimento do que um cristão fiel pode acreditar sobre o assunto (…) Nós sempre iremos querer uma inclusão total da comunidade LGBTI na igreja e continuaremos a trabalhar para esse fim. Esperamos um ‘primeiro passo’ acolhedor neste processo e um distanciamento dos danos e das feridas que foram feitas tão frequentemente em nome da Igreja”, explica a carta. 

(Correio)

EM CARTA, 14 PADRES E BISPOS DA IGREJA ANGLICANA DIZEM QUE SÃO GAYS E PEDEM INCLUSÃO EM CARTA, 14 PADRES E BISPOS DA IGREJA ANGLICANA DIZEM QUE SÃO GAYS E PEDEM INCLUSÃO Reviewed by Mural do Oeste on quinta-feira, setembro 08, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.