ESTRANGEIRO DISSE À POLÍCIA QUE ACHOU NA LIXEIRA BEBÊ QUE CARREGAVA EM SACO


O estrangeiro que foi preso após ser flagrado com um recém-nascido dentro de um saco de lixo disse à polícia que encontrou a criança em uma lixeira. Inicialmente, ele teria dito que os pais da criança entregaram o bebê a ele, mas depois mudou a versão. O caso aconteceu na quinta-feira (15), em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador.
Conforme a polícia, o homem se apresentou como José Luís Plaza Galego e disse que é chileno. No entanto, ele não mostrou documentos que comprovem a identidade e a nacionalidade. Em contato com o G1 nesta sexta-feira (16), a delegada Elaine Laranjeira, titular da 27ª Delegacia, responsável pela investigação, disse que o estrangeiro continua na unidade policial.
Conforme a polícia, ele parece estar mentalmente confuso e, além de não apresentar documentos, também não informou endereço de onde mora. Segundo a delegada, com o nome que o estrangeiro deu à polícia foi constatado junto a Delegacia de Imigração que ele está em situação irregular no país. A polícia busca a confirmação da identidade dele.
Ainda de acordo com Elaine Laranjeira, José Luís Plaza Galego, como o suspeito se apresentou, tem passagem pela polícia no Rio de Janiero. No entanto, ainda não há informação do tipo de crime que ele cometeu.
A delegada informou também que ainda não há pistas dos pais do bebê, que foi encontrado ainda com o cordão umbilical e sujo de sangue. A polícia investiga se ele foi abandonado no lixo ou se foi entregue ao estrangeiro.
O bebê ganhou o nome de Gabriel e permanece internado na Maternidade Albert Sabin. Segundo a equipe médica da unidade de saúde, o recém-nascido chegou ao local bastante fraco, ainda com o cordão umbilical e sujo.


O recém-nascido é um menino e ganhou o nome de Gabriel na Maternidade Albert Sabin, em Cajazeiras, em Salvador. Ele foi levado para o local após ser atendido em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A criança está sob responsabilidade da Vara da Infância de Lauro de Freitas.

Nesta sexta-feira, o bebê permanece na incubadora e recebe os cuidados médicos necessários. Segundo a diretora da Maternidade Albert Sabin, Maria da Conceição, a criança ainda corre risco de infecção e deve ficar internada até a próxima semana. “Se não tiver nenhum risco infeccioso , provavelmente, na próxima semana ele terá alta. A gente não pode dizer agora porque ela ainda está em avaliação”, disse a diretora.
Caso

Um turista estrangeiro foi preso por transportar um recém-nascido dentro de um saco de lixo na manhã de quinta-feira (15), no município de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador.

Conforme a delegada Elaine Laranjeira, titular das 27ª Delegacia, o homem se identificou como chileno, mas não apresentou nenhum documento que comprove a nacionalidade.
De acordo com a polícia, o suspeito caminhava no bairro de Vila Pedrita, por volta das 7h30, quando chamou a atenção de pessoas que passavam pela região por conta do choro da criança.
A 81ª CIPM foi acionada e, ao chegar ao local, o suspeito estava sendo agredido por populares. Conforme a Polícia Militar, a criança estava no saco de lixo, no chão, e foi retirada por policiais.
O turista e o bebê foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itinga, onde foram examinados. O bebê foi transferido para Maternidade Albert Sabin, em Salvador.
Fonte: G1 Globo
ESTRANGEIRO DISSE À POLÍCIA QUE ACHOU NA LIXEIRA BEBÊ QUE CARREGAVA EM SACO ESTRANGEIRO DISSE À POLÍCIA QUE ACHOU NA LIXEIRA BEBÊ QUE CARREGAVA EM SACO Reviewed by Mural do Oeste on sexta-feira, setembro 16, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.