FACHIN NEGA PEDIDO DE ALIADO DE CUNHA


Em uma nova derrota para o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin negou na noite deste domingo o pedido de um aliado do peemedebista para permitir a apresentação de emendas durante a votação que pode levar à cassação do mandato de Cunha.
Aliado de Cunha, o deputado federal José Wellington Roberto (PR-PB) ingressou no STF com um mandado de segurança solicitando que fosse concedida uma medida liminar suspendendo a decisão da Câmara de deliberar um parecer, e não um projeto de resolução. Os advogados e aliados de Cunha querem que o plenário da Câmara vote um projeto de resolução, com possibilidade de apresentação de destaques, o que pode abrir caminho para a proposição de uma pena mais branda ao peemedebista.

Fachin já havia rejeitado um outro pedido, feito pela defesa de Cunha, para que fosse suspenso o processo político-disciplinar que pode levar à sua cassação nesta segunda-feira. Na última quinta-feira, por 10 votos a 1, o plenário do STF negou um outro recurso de Cunha que pedia a suspensão do processo de cassação na Câmara. A alegação da defesa era de que o processo contra Cunha deveria ter sido suspenso depois que o deputado foi afastado do mandato.
Fonte: Veja
FACHIN NEGA PEDIDO DE ALIADO DE CUNHA FACHIN NEGA PEDIDO DE ALIADO DE CUNHA Reviewed by Mural do Oeste on segunda-feira, setembro 12, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.