JOVEM PEDIU AJUDA EM ESCOLA APÓS SER ESFAQUEADA PELO MARIDO, DIZ POLÍCIA

                                                   Jovem de 25 anos é morta pelo marido
                                                   Suspeito de matar a mulher está foragido
A jovem de 25 anos que foi morta pelo marido com golpes de facão na frente das filhas tentou pedir socorro na porta de uma escola que fica em frente à casa onde ela foi golpeada. A informação é do delegado Hermano Costa, responsável pelo caso.
"Depois dele ter entrado na casa dela e golpeado com faca e facão, ela ainda conseguiu sair correndo e tentou entrar em uma escola que fica em frente à residência dela, mas caiu na porta. Ela levou 12 facadas, inclusive no coração", relatou Hermano Costa.
Juliana Menezes foi enterrada na manhã desta quarta-feira (21), no cemitério municipal de Itabela, no sul da Bahia. O suspeito do crime, conhecido como "Boca", continua foragido.
O porteiro da escola foi ouvido hoje e outras testemunhas ainda serão ouvidas nesta quarta", afirma Hermano Costa. Segundo ele, as filhas da vítima, de 3 e 5 anos, também serão ouvidas acompanhadas de psicólogos. As crianças estão na casa dos avós maternos.
"Os dois policiais que registraram a ocorrência já foram ouvidos. Falta ouvir também a mulher que estava com a jovem quando o marido invadiu a casa e cometeu o crime. Ela está muito abalada", completou o delegado. Hermano Costa pede para quem tiver pistas sobre o paradeiro do suspeito entrar em contato com a delegacia de Itabela, por meio do número (73) 3270-2151. Até a publicação desta reportagem, o suspeito não havia sido preso.
Caso
A jovem Juliana Menezes foi morta com golpes de facão na frente das filhas, de 3 e 5 anos, na noite de segunda-feira (19). Segundo o delegado, o suspeito de cometer o crime é o marido da vítima, que não aceitava o fim do relacionamento.

A vítima foi morta ao voltar para casa depois de prestar queixa de agressão contra o marido. A vítima já tinha registrado outros boletins de ocorrência contra o marido. Ela tinha uma filha de 3 anos com ele. A outra filha da vítima, de 5 anos, foi fruto de um relacionamento anterior.
Fonte: G1 Globo
JOVEM PEDIU AJUDA EM ESCOLA APÓS SER ESFAQUEADA PELO MARIDO, DIZ POLÍCIA JOVEM PEDIU AJUDA EM ESCOLA APÓS SER ESFAQUEADA PELO MARIDO, DIZ POLÍCIA Reviewed by Mural do Oeste on quarta-feira, setembro 21, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.