NOS ESTADOS UNIDOS, MÃE E FILHO SÃO PRESOS POR INCESTO APÓS MANTEREM RELAÇÕES SEXUAIS


Preparados para um choque? Melissa Kitchens, uma mulher de 44 anos que mora na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, foi presa por fazer sexo com seu filho, um rapaz de 25 anos de idade chamado Shaun Pfeiffer. O relacionamento é considerado fora da lei pelas autoridades do estado americano, e o “casal” foi preso por incesto.
De acordo com o The Daily Mail, Melissa foi presa no dia 7 de setembro, enquanto seu filho foi preso no dia seguinte. De acordo com os documentos oficiais, mãe e filho tiveram relações sexuais em agosto de 2016. O homem, que é casado e tem um filho pequeno, ainda é acusado por tomar “liberdades com uma criança”, “fazer ameaças” e “estar intoxicado”.
A publicação britânica afirma ainda que Shaun morava com a mãe, Melissa, e a Esposa, Shannon Roman, na cidade de Asheville. Eles publicaram uma foto juntas nas redes sociais em agosto de 2016 e ainda não se sabe se a mulher é casada. A polícia também não revelou como descobriu o relacionamento dos dois.

No mês passado, a esposa do rapaz, Shannon, publicou em seu perfil pessoal no Facebook uma mensagem sobre perdão: “Se você se importa de verdade com alguém, os erros dessa pessoa não mudam os seus sentimentos por que é a mente que fica brava, mas o coração ainda se importa“, dizia a foto publicada pela mulher.
No site da Prisão do Condado de Buncombe, a fiança de Shaun Pfeiffer é de 70 500 dólares (cerca de  230 000 reais), enquanto da mãe, Melissa Kitchens, é de 30 000 dólares (cerca de 99 000 reais). O rapaz se apresentará ao juiz no dia 30 de setembro, e a mulher um dia antes, em 29 de setembro. Na Carolina do Norte, o crime de incesto pode resultar em prisões entre 10 e 41 meses. 
Fonte: MSN Notícias
NOS ESTADOS UNIDOS, MÃE E FILHO SÃO PRESOS POR INCESTO APÓS MANTEREM RELAÇÕES SEXUAIS NOS ESTADOS UNIDOS, MÃE E FILHO SÃO PRESOS POR INCESTO APÓS MANTEREM RELAÇÕES SEXUAIS Reviewed by Mural do Oeste on quarta-feira, setembro 14, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.