VELEJADOR FRANCÊS RESGATADO EM SC FALA SOBRE 10 DIAS A DERIVA: 'PESADELO'


"Pesadelo". Foi assim que um velejador francês que passou dez dias à deriva até ser salvo no Litoral Sul de Santa Catarina definiu a experiência que viveu em alto-mar. Ele foi resgatado no último dia 8 e contou ao Jornal do Almoço desta sexta-feira (16) o que viveu durante o período.
Romain Revil estava desde outubro de 2015 no mar, depois de sair da França e ter atravessado todo o Atlântico. O destino final era o Uruguai. Em Rio Grande, no litoral do Rio Grande do Sul, o motor teve uma pane e o leme do barco quebrou.
"A cada vez que eu cruzava com pescadores, eu tentava lhes explicar: vocês podem me rebocar por uma milha naútica ou 150 metros? Eles diziam não compreendo, não compreendo. Mesmo com a Marinha eu tentei entrar em contato, mas não entendiam", disse o velejador.
O velejador tinha um celular e também comida. Sem conseguir se comunicar em português, o francês acabou entrando em contato com um primo na França, que tem amigos no Brasil. Foram esses amigos que acionaram a Marinha em Santa Catarina para fazer o resgate.
Revil foi resgatado em Garopabapela Capitania dos Portos no dia 8 de setembro. "Nós chamamos pelo rádio, mas ele não respondeu. Tivemos que pedir apoio ao Corpo de Bombeiros de Imbituba, que prontamente enviou uma equipe para procurar o velejador. Por volta das 19h30 ele foi encontrado", disse o capitão Marcos dos Santos.
Assustado e debilitado
Em terra firme, ele contou com o apoio de moradores da região. Dois empresários de Garopaba deram abrigo e alimentação ao homem. "Ele chegou bem assustado, debilitado, em uma situação precária", cota o empresário Edmundo Alves do Nascimento.

"Ele ficou sem dormir, porque ele se aproximou muito da Costa devido aos ventos. Então aí ele não dormia mais, ficava só na vela", lembra o empresário André Ramos de Lima.
O francês ficou grato com a recepção. "Vocês são supergentis, adoráveis. De verdade, eu não sei como agradecer", disse Revil. Com o motor já pronto, Revil ainda deve consertar o leme para retomar a viagem, dentro de uma semana.
Fonte: G1 Globo

VELEJADOR FRANCÊS RESGATADO EM SC FALA SOBRE 10 DIAS A DERIVA: 'PESADELO'  VELEJADOR FRANCÊS RESGATADO EM SC FALA SOBRE 10 DIAS A DERIVA: 'PESADELO' Reviewed by Mural do Oeste on sexta-feira, setembro 16, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.