AÇÕES SOCIAIS REFORÇAM CIDADANIA NO SUBÚRBIO FERROVIÁRIO DE SALVADOR




Moradores do Subúrbio Ferroviário de Salvador tiveram a cidadania e a diversão asseguradas, nesta sexta-feira (7), com o acesso a serviços sociais e atividades de lazer no Parque São Bartolomeu. Ações de intermediação de mão de obra, emissão de documentos, orientação nutricional e odontológica e práticas esportivas, como basquete e futebol, foram oferecidas no local, durante a 1ª Tenda Esportiva, Saúde e Cidadania. O evento, realizado pelo Movimento de Cultura Popular do Subúrbio (MCPS), contou com a participação do Governo do Estado, por meio do SineBahia, Procon Móvel, Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), além de técnicos das secretarias estaduais de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). 

De acordo com o coordenador do MCPS, Raimilton Carvalho, a união das forças promove a garantia dos direitos dos moradores do subúrbio. “Existe uma dificuldade dessas pessoas de ter acesso a determinados serviços que são necessários para a sua qualidade de vida. Quando a gente concentra as ações próximas da casa dessas pessoas, facilitamos o seu acesso delas. É incomensurável a importância para quem precisa de um emprego, por exemplo, e não tinha sequer o dinheiro da passagem para ir à sede do Sinebahia, ou para quem se sentiu lesado e não tinha como ir até o Procon”.  

Os projetos são executados com recursos do Fundo de Combate à Pobreza (Funcep), originados da Secretaria de Promoção à Igualdade Racial (Sepromi) e em atendimento à aplicação do Estatuto da Igualdade Racial e de Combate à Intolerância Religiosa. As iniciativas também atendem às políticas do programa Pacto Pela Vida, uma ação do Governo, que tem o objetivo principal de promover a paz social.

Desempregada há cinco meses, Valdicéia Ramos dos Santos chegou cedo e nem enfrentou fila para se cadastrar no Sistema Mais Emprego do Sinebahia. Ela procura emprego como auxiliar de serviços gerais e afirmou ter renovado as esperanças de conquistar uma ocupação profissional. “Ficar sem trabalhar é terrível. A gente precisa se manter e se sentir útil. Com o cadastro realizado, espero conseguir um trabalho o mais rápido possível. Minha renda é para sustentar minha família, dependo de conseguir um emprego para viver bem”.

Uma das maiores remanescentes de Mata Atlântica em área urbana do País, o Parque Bartolomeu também foi espaço para diversas atividades esportivas e de lazer nesta sexta. Tênis de mesa, dominó, ginástica, dama, cama elástica e totó garantiram a diversão de adultos e crianças. Do ponto de vista da saúde, representantes do Serviço Social da Indústria (Sesi) promoveram orientações sobre escovação dentária e distribuíram kits com escova de dente e creme dental para o público local. A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) também participou do mutirão de serviços, possibilitando a renegociação de dívidas, solicitação de abertura de conta e atividades de educação ambiental.

 Para a empregada doméstica, Lívia Santos Teixeira, a ação social permitiu que ela solicitasse intervenção do Procon em uma relação comercial entre ela e uma empresa de dispositivos móveis. A moradora do bairro do Lobato comprou um celular que, segundo ela, já apresentou defeito em três oportunidades em apenas quatro meses de comprado. “Vi aqui a oportunidade de lutar pelo meu direito. O celular para de funcionar e está passando mais tempo na assistência técnica do que comigo. Solicitei ajuda do Procon para que a empresa devolva o meu dinheiro ou me consiga um celular novo”.
AÇÕES SOCIAIS REFORÇAM CIDADANIA NO SUBÚRBIO FERROVIÁRIO DE SALVADOR AÇÕES SOCIAIS REFORÇAM CIDADANIA NO SUBÚRBIO FERROVIÁRIO DE SALVADOR Reviewed by Mural do Oeste on sexta-feira, outubro 07, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.