ATIVIDADES CULTURAIS MOVIMENTAM O ESPAÇO EDUCAR PARA TRANSFORMAR NA FLICA





Pelo segundo ano consecutivo, pessoas de todas as idades podem usufruir das atividades da Casa Educar para Transformar, espaço montado na Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) pelo Governo do Estado e aberta oficialmente na quinta-feira (15), com programação prevista para acontecer até este domingo (16). Na área, instalada na Casa do Iphan, em frente à Câmara de Vereadores do município, o público pode conferir lançamentos de livros, exposições, apresentações audiovisuais, contação de histórias, saraus, entre outros eventos.

Quem visita o espaço também pode conhecer projetos de estudantes da rede estadual de ensino e seus autores, como é o caso de Iasmin Matos, 16 anos, aluna do Colégio Estadual Deputado Manoel Novaes, que teve uma poesia selecionada para participar do Flica. “É uma honra estar aqui aprendendo mais sobre a cultura da Bahia e do Recôncavo. Quando eu escrevi o poema, não esperava vencer. Meu desejo principal era tocar as pessoas. No momento que soube que fui selecionada, foi uma alegria imensa. É muito bom estar aqui, respirando esse ar, interagindo com tantos artistas e intelectuais”.

Segundo a coordenadora de projetos artísticos e culturais da Secretaria da Educação do Estado, Nide Nobre, iniciativas desse tipo aproximam os jovens do universo das artes. “Nós estamos atuando na construção de ações abordam distintas linguagens artísticas. Temos o Festival Anual da Canção Estudantil [Face], Tempos de Arte literária [TAL] e o Artes Visuais Estudantis [AVE]. Queremos que nossos estudantes se inspirem nesse ambiente para podermos caminhar com eles em busca de uma sociedade mais bonita”.

Para Robert Nascimento, 17, estudante de Maracás, município do centro-sul baiano, participar da Flica é a realização de um sonho. “Sempre quis estar aqui. Agora, venho na condição de autor. Estou aqui conhecendo novas pessoas, o patrimônio histórico e a cultura local, isso tudo somado ao fato de estar aqui apresentando a minha arte. Vou levar esse momento para o resto de minha vida”.

Além das atividades relacionadas à educação, o espaço concentra outras atividades do Governo do Estado. A Secretaria do Turismo (Setur) montou um balcão de informações, oferecendo o serviço de confecção gratuita de turbantes e estética afro, e a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) realiza uma série de lançamentos de livros relacionados às cultura e literatura negra no espaço de leitura Milton Santos, que segue aberto até este sábado (15).

Governo da Bahia 
ATIVIDADES CULTURAIS MOVIMENTAM O ESPAÇO EDUCAR PARA TRANSFORMAR NA FLICA ATIVIDADES CULTURAIS MOVIMENTAM O ESPAÇO EDUCAR PARA TRANSFORMAR NA FLICA Reviewed by Mural do Oeste on sexta-feira, outubro 14, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.