DESAPARECIDO HÁ 23 ANOS É ACHADO COM NOVA FAMÍLIA E IDENTIDADE DE MORTO


Vinte e três anos atrás, Richard Hoagland desapareceu após ligar avisando que iria a um hospital em Indianápolis (Indiana, EUA). A esposa - a segunda de Richard - e os dois filhos do casal ficaram desolados. Buscas foram feitas, mas nenhum rastro do americano foi achado.
Richard foi declarado legalmente morto em 2003. A vida seguiu, e Linda, a viúva, casou-se novamente.
Mas, na verdade, Linda não era viúva. Richard, tampouco um cadáver. Ele estava vivendo a mais de 1.600 quilômetros de Indianápolis. Na pequena Zephyrhills (Flórida, EUA), Richard vivia tranquilamente. Novamente casado e com um novo filho.
Aos 63 anos, o "ex-morto" estava usando a identidade de Terry Symansky, um pescador falecido em 1991 - solteiro, solitário e sem filhos.
A farsa foi descoberta por um sobrinho de Terry, ao buscar informações sobre a família no site "ancestry.com". A polícia foi chamada e Richard foi preso.
Após a prisão, a esposa, Mary Hickman, achou uma mala com documentos relacionados à identidade original do marido, de acordo com reportagem da rede ABC.
A policiais, Richard contou ter decidido desaparecer porque já não queria mais viver com Linda, mas não suportaria outro divórcio.
"Uma pessoa que viveu destruindo os outros", disse Chris Nocco, o xerife do condado de Pasco.
O Globo
DESAPARECIDO HÁ 23 ANOS É ACHADO COM NOVA FAMÍLIA E IDENTIDADE DE MORTO DESAPARECIDO HÁ 23 ANOS É ACHADO COM NOVA FAMÍLIA E IDENTIDADE DE MORTO Reviewed by Mural do Oeste on sexta-feira, outubro 28, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.