MÃE PERDE GUARDA APÓS CRIAR FILHO COMO UMA MENINA


Uma mãe na Inglaterra perdeu a guarda do filho de sete anos após o criar como uma menina. Segundo o juiz Anthony Hayden, responsável pelo caso, a mãe vestia a criança com "roupas de menina" e chegou até mesmo a registrá-lo com um nome socialmente atribuído ao gênero feminino, o que teria causado "danos emocionais significativos" no menino. 

"A mãe do menino me disse que ele estava 'vivendo escondido', pelo que ela me explicou, ele estava vivendo toda a vida como uma menina. Ele era vestido em todos os momentos como uma garota e registrado como uma menina. Eu não tive dúvidas de que a mãe estava completamente convencida de que o menino se identificava como uma menina", comentou o juiz, afirmando ainda que a mãe da criança comentou que o menino sentia "desprezo pelo próprio pênis".

Segundo a sentença, a criança passou a morar com o pai, separado há alguns anos da mãe do jovem. "Segundo relatos, o menino começou a demonstrar interesse em Power Ranger, Bob Esponja e super-heróis e está constantemente encontrando novos interesses. É surpreendente que a maioria dos interesses dele sejam de orientação masculina", concluiu o juiz inglês. 

UOL

MÃE PERDE GUARDA APÓS CRIAR FILHO COMO UMA MENINA MÃE PERDE GUARDA APÓS CRIAR FILHO COMO UMA MENINA Reviewed by Mural do Oeste on sábado, outubro 22, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.