NOTA PÚBLICA DO MOVIMENTO ESTUDANTIL UNIFICADO DA UFOB


Diante da atual conjuntura política e social, estruturada sob o presidencialismo, instrumento norteador das decisões legislativas, a PEC241/2016 se apresenta como um afronta as garantias constitucionais consolidadas mediante ativa participação popular.
Destarte, apresentar de forma autoritária e sem prévia anuência da sociedade brasileira medidas que venham atingi-la diretamente, levando-se em consideração que as despesas primárias públicas, como a Educação, que não é uma despesa para o Estado, e sim, um investimento, assim como priorizar a Saúde, é promover a qualidade de vida do cidadão brasileiro, garantido constitucionalmente pela Carta Magna de 1988, em seu artigo 5°.
A PEC 241/2016 torna-se um paliativo e uma fuga do Estado à crise econômica estrategicamente criada, visto que medidas prudentes como auditoria da dívida pública, regulamentação do imposto sobre grandes fortunas, tributação expressiva dos agrotóxicos, supressão a imunidade tributária das igrejas e templos religiosos, dentre outros, sequer são pauta de discussão nas casas legislativas.
Todos os nossos atos são legítimos, respaldados pela Constituição do Brasil, Regimento da Universidade Federal do Oeste da Bahia, Regimento Geral do DCE – Central da UFBA, e com base nisso foi convocada a assembleia discente do Campus Reitor Edgard Santos, em tempo, com antecedência de 48h, respeitando o espaço democrático, o Movimento Estudantil Unificado da UFOB promoveu uma discussão sobre os pontos de pauta apresentados na primeira chamada da assembleia, que ocorreu às 8h, e articulou-se com a assembleia uma segunda chamada para o mesmo dia, às 19h, para que os estudantes pudessem deliberar sobre a ocupação do Campus.
Com aprovação da maioria da 2ª chamada deliberativa, nós discentes iniciamos a ocupação logo após a assembleia, e realizamos constantes reuniões todos os dias para organizar o movimento, promover atividades nas escolas, nas praças, na Reitoria, com o intuito de conscientizar a população de que essa é uma luta coletiva, que engloba tanto a comunidade acadêmica como a população em geral.
Dentre as atividades previstas no calendário do MEU, já realizamos, no dia 25/10- Panfletagem com IFBA e UNEB às 16h, e no dia 26/10- Discussão orientada da PEC 241/2016, às 14h, 27/10- Debate “desmistificando a PEC 241/2016” às 18h na Reitoria.
Ademais, ainda temos previstas em nosso calendário de ações, no dia 28/10- Exibição e Debate do documentário “ O dia que durou 21 anos” , na UFOB Prainha, às 19h;
29/10- Debate PEC 241 e PLS 193, conjuntamente com atividades culturais no Parque às 16h;
03/11- Debate PLS 193, no Colégio Estadual Antônio Geraldo, com Kelly Consuelo às 16h;
07/11- Debate PLS 193, no CETEP com Kelly Consuelo às 16h.
Gostaríamos ainda de agradecer ao apoio dos técnicos administrativos e docentes da UFOB, que apoiam ao nosso movimento para consolidar mais forças à luta que iniciamos, e convidar a comunidade barreirense e de toda a região Oeste para participar da luta conosco.

ZDA
NOTA PÚBLICA DO MOVIMENTO ESTUDANTIL UNIFICADO DA UFOB NOTA PÚBLICA DO MOVIMENTO ESTUDANTIL UNIFICADO DA UFOB Reviewed by Mural do Oeste on segunda-feira, outubro 31, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.