POESIA: MULHER DE LINDOS OLHOS DE COBRA SONSA



Roberto de Sena


Mulher de olhos lindos
                    olhos longos

Olhos de cobra sonsa
olhos de onça


Joga luz e esconde os olhos
com seus sapatos vermelhos
de quem sabe onde pisa

Ela nem avisa
em quem pisa

Quantos corações ela já esmagou
com os saltos dos seus sapatos?

Quem pagou o pato?
Quem patinou na curva dos seus olhos?

Quem ela devorou
com seus olhos de onça?
Olhas de cobra sonsa.

Macaco velho
não mete a mão em cumbuca
mas muitos macacos velhos
já caíram nas armadilhas
do seus olhos de arapuca.

Quantos homens já naufragaram
nas correntezas do seu olhar
e muitos ainda esperam a vez
de embarcar

Mulher dos olhos lindos
                      olhos longos
Olhos de cobra sonsa
olhos de onça

Resistir ao veneno dos seus olhos
é coisa de muita responsa.

Nunca erra o bote
esta mulher dos olhos de onça
Essa cobra sonsa.
POESIA: MULHER DE LINDOS OLHOS DE COBRA SONSA POESIA: MULHER DE LINDOS OLHOS DE COBRA SONSA Reviewed by Mural do Oeste on sábado, outubro 15, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.