ALBERTO YOUSSEF PÕE TORNOZELEIRA E DEIXA A PRISÃO EM CURITIBA


O doleiro Alberto Youssef deixou a prisão nesta quinta-feira após dois anos e oito meses sob custódia na Operação Lava Jato. Um dos delatores que abriram caminho para as revelações da operação, Youssef é personagem emblemático da investigação sobre corrupção e propinas na Petrobras.
Ele deixou a Superintendência da PF em Curitiba – base da Lava Jato – por volta das 13h50 e se dirigiu à sede da Justiça Federal para colocar tornozeleira eletrônica.
O doleiro vai cumprir quatro meses de prisão domiciliar em um apartamento alugado em São Paulo, antes de se tornar um homem livre totalmente – o que está marcado para 17 de março de 2017.
O direito ao regime domiciliar foi o prêmio obtido em troca da confissão de culpa nos crimes contra a Petrobras e da entrega de provas de novos delitos, então ainda desconhecidos da força-tarefa do Ministério Público Federal. Pelo acordo, fechado em setembro de 2014, a pena máxima de prisão ficou limitada a três anos.
Braço direito do ex-deputado federal José Janene, ex-líder do PP que deu origem ao esquema de cartel e propinas na Petrobras, morto em 2010, Youssef foi alvo principal da primeira fase das investigações, deflagrada em 17 de março de 2014. O doleiro foi preso em São Luís (MA).
O doleiro deixará Curitiba direto à capital paulista, onde vai morar em um apartamento de pouco mais de 50 metros quadrados. O novo endereço do delator, no entanto, fica em na região com o metro quadrado mais caro da cidade, o bairro Vila Nova Conceição.
Com vista para o Parque do Ibirapuera – um oásis na capital paulista -, o doleiro só poderá descer até a academia do condomínio e se deslocar para atendimentos médicos.
Veja 
ALBERTO YOUSSEF PÕE TORNOZELEIRA E DEIXA A PRISÃO EM CURITIBA ALBERTO YOUSSEF PÕE TORNOZELEIRA E DEIXA A PRISÃO EM CURITIBA Reviewed by Mural do Oeste on quinta-feira, novembro 17, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.