ALCKMIN PEDE AO TWITTER IDENTIDADE DE USUÁRIOS QUE O CRITICARAM


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, recorreu à Justiça para descobrir a identidade de seis usuários do Twitter que usaram a rede social para postar xingamentos contra ele. A ação está sendo coordenada pelo advogado Anderson Pomini, que será o secretário de Assuntos Jurídicos da Prefeitura de São Paulo, comandada a partir de janeiro de 2017 pelo tucano João Doria, pupilo de Alckmin.
As postagens que motivaram a ação chamam o tucano de “ladrão de merenda” e “corrupto”, em referência ao esquema de fraudes em licitações da merenda escolar em municípios paulistas. A organização criminosa foi desmontada em janeiro pela Operação Alba Branca, integrada pelo Ministério Público de São Paulo e pela Polícia Civil. A Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf) e seus executivos estão no centro do escândalo, que fraudou contratos com a secretaria estadual de Educação.
O advogado do governador pede que o Twitter revele os IPs (endereço virtual) dos computadores usados para publicar as mensagens. O objetivo é processar os autores e com isso coibir novas iniciativas como essa.
A ação apresentada por Alckmin pede, ainda, que o processo tramite em segredo de Justiça. Procurado, o Palácio dos Bandeirantes não quis se pronunciar.
Veja

ALCKMIN PEDE AO TWITTER IDENTIDADE DE USUÁRIOS QUE O CRITICARAM ALCKMIN PEDE AO TWITTER IDENTIDADE DE USUÁRIOS QUE O CRITICARAM Reviewed by Mural do Oeste on quarta-feira, novembro 09, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.