JUSTIÇA DETERMINA BLOQUEIO DE PRESENTES DE CASAMENTO DE EMPRESÁRIO CONDENADO


Um casal de Brasília teve uma lua de mel desagradável, após o juiz Fabio Martins de Lima, da vara Cível de Paranoá, no Distrito Federal, determinar o bloqueio dos presentes do casamento. O bloqueio foi determinado, pois o noivo, o empresário Giampiero Rosmo devia uma indenização de R$ 1,3 milhões para família de um homem que faleceu em um acidente de trânsito. O acidente aconteceu em 2007. O empresário estava em alta velocidade na hora do acidente e não prestou socorro à vítima, que morreu um ano após o acidente. O valor dos presentes totalizam R$ 31 mil. A justiça, até então, não havia encontrado bens em nome do empresário recém-casado para penhora e pagamento da indenização. O casamento aconteceu em agosto deste ano, na Fazenda Coqueiral, em Pirenópolis, Goiás, com 600 convidados. A medida judicial foi arbitrada após o juiz ver na internet fotos do enlace. “Verifico a necessidade de aplicação de medidas mais enérgicas por parte deste juízo de modo a tornar efetiva a prestação jurisdicional, até porque se trata de condenação em dívida alimentar”, disse na sentença. O juiz ainda intimou os gerentes das lojas em que o casal deixou a listas de presentes. “Percebe-se que o réu exibe alto padrão financeiro ao realizar festas de luxo. Ademais, há indícios de que o demandado realiza diversas viagens internacionais, situações que não se ajustam à suposta falta de patrimônio indicada pelos sistemas processuais”, pontuou o magistrado. A noiva, a arquiteta Julia Peixoto, recorreu da decisão, afirmando que os custos da festa foram arcados por ela, e que, por isso, era dona dos presentes, mas o argumento não foi acatado pelo juízo. "Os convidados de um casamento quando oferecem presentes, não o fazem apenas a um dos noivos, mas a ambos, não havendo como fazer qualquer diferenciação àqueles que pertencem à noiva e àqueles do noivo, sendo uma universalidade indivisível”. A noiva interpôs um novo recurso, sob alegação de que na época do acidente, não conhecia o atual marido. O dinheiro bloqueado vai ser destinando para família da vítima.
Bahia Notícias
JUSTIÇA DETERMINA BLOQUEIO DE PRESENTES DE CASAMENTO DE EMPRESÁRIO CONDENADO JUSTIÇA DETERMINA BLOQUEIO DE PRESENTES DE CASAMENTO DE EMPRESÁRIO CONDENADO Reviewed by Mural do Oeste on sábado, novembro 12, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.