expr:class='data:blog.pageType'>

DOIS DIAS APÓS DECISÃO DO STF, GOLEIRO BRUNO VOLTA À CADEIA EM MG


O goleiro Bruno Fernandes, condenado pela morte e ocultação de cadáver da ex-namorada Eliza Samudio, com quem teve um filho,  se apresentou na tarde desta quinta-feira  na Delegacia Regional de Varginha, no sul de Minas Gerais, dois dias depois que uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que ele voltasse à prisão.
Era perto das 14h quando ele se apresentou à polícia. Após os trâmites no local, ele passará por exames de praxe e será mandado para o presídio da cidade. Bruno estava solto desde o dia 24 de fevereiro, quando uma liminar do ministro Marco Aurélio Mello concedeu habeas corpus ao goleiro com os argumentos de que ele tem bons antecedentes e que o recurso da defesa ainda não fora apreciado pelo Tribunal de Justiça mineiro.
Na terça-feira, a Primeira Turma do STF, por três votos a um, decidiu não referendar a liminar. O goleiro foi condenado em março de 2013 a 22 anos e seis meses de prisão. Desta pena, ele cumpriu seis anos e sete meses de detenção em regime fechado.
Bruno, que antes de ser preso defendia o Flamengo, havia voltado ao futebol, desta vez jogando pelo Boa Esporte,  clube de Varginha que disputa a Segunda Divisão do Campeonato Mineiro e a Série B do Brasileiro.
Estadão 
DOIS DIAS APÓS DECISÃO DO STF, GOLEIRO BRUNO VOLTA À CADEIA EM MG DOIS DIAS APÓS DECISÃO DO STF, GOLEIRO BRUNO VOLTA À CADEIA EM MG Reviewed by Redação Mural do Oeste on quinta-feira, abril 27, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.