expr:class='data:blog.pageType'>

JUSTIÇA DETERMINA REINTEGRAÇÃO DE POSSE DE 340 MIL HECTARES DE TERRA NA BAHIA E AGRICULTORES PROTESTAM



Uma decisão liminar da Justiça determina a reintegração de posse de cerca de 340 mil hectares de terras no município de Formosa do Rio Preto, na região oeste da Bahia, que teriam sido ocupadas irregularmente por agricultores. A área produz atualmente 1,1 milhão de grãos e fibras por ano - o que corresponde a cerca de 15% da produção da região - e é alvo de um processo que já dura 30 anos.

Após a decisão, assinada pelo juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, um grupo de produtores fez um protesto na BA-225, que corta a cidade, porque, de acordo com a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), 300 famílias são prejudicadas com a liminar. Na manifestação, os agricultores utilizaram máquinas agrícolas e caminhonetes para fechar a rodovia por cerca de 1h30. Eles ainda utilizaram cartazes com mensagens de protesto contra a decisão judicial.
Outra entidade que representa agricultores, a Associação dos Produtores da Chapada das Mangabeiras (Aprochama) diz que a decisão impede os agricultores de colherem a plantação. A associação disse que entrou com um agravo de instrumento, para tentar suspender os efeitos da liminar, que está em favor de José Valter Dias, que seria o verdadeiro proprietário das terras.

Conforme a Aprochama, no entanto, os agricultores adquiriram as terras há 30 anos, com os devidos registros no Cartório de Registro de Imóveis. Até o julgamento do agravo de instrumento, os agricultores dizem que não vão deixar as propriedades.

"Estamos há 30 anos aqui, desde 1986. Sou produtor pioneiro, um dos primeiros desbravadores aqui. Chegamos aqui e nunca e ninguém veio perguntar o que estamos fazendo aqui", destacou o produtor rural Ademir Marcon.

O também produtor André Wustro, que é do Rio Grande do Sul, se mudou para a região há cerca de 20 anos. Ele diz ter uma área de mais de 7 mil hectares de terra e está preocupado. "Dentro da minha propriedade, com quase 20 anos que estou dentro dela, nunca tive nenhum litígio. Simplesmente, estou sendo obrigado a sair, deixar toda a minha propriedade, todos os meus equipamentos, toda a minha produção", reclamou.

"O que a gente quer a nosso favor é justiça, porque estamos há trinta anos trabalhando. Pegamos isso aqui quando não tinha estrada, não tinha comunicação, só sofrimento. Morei um ano e meio embaixo da rancho de lona junto com os meus patrões, para agora a gente perder isso do dia para a noite?", questiona o também agricultor Nivalcir dos Santos.



G1
JUSTIÇA DETERMINA REINTEGRAÇÃO DE POSSE DE 340 MIL HECTARES DE TERRA NA BAHIA E AGRICULTORES PROTESTAM JUSTIÇA DETERMINA REINTEGRAÇÃO DE POSSE DE 340 MIL HECTARES DE TERRA NA BAHIA E AGRICULTORES PROTESTAM Reviewed by Redação Mural do Oeste on quarta-feira, abril 12, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.