OPERAÇÃO RONDA MARIA DA PENHA FAZ 4,6 MIL ATENDIMENTOS E VISITAS




Criada no dia 8 de março de 2015, a Operação Ronda Maria da Penha já realizou cerca de 4.660 atendimentos e visitas, além de atender mais de 1.100 mulheres. Em pouco mais de dois anos, a ação está na capital e em mais sete municípios baianos, levando também atividades de prevenção. 
E é para alinhar essas estratégias e trocar experiências que as comandantes da unidade, vinculada à Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP), e policiais militares envolvidos no combate à violência contra à mulher estão reunidos no Primeiro Encontro da Operação Ronda Maria da Penha (ORMP). 

O evento, que acontece em Salvador, começou na manhã desta segunda-feira (29) e promove atividades também durante esta terça (30). Segundo o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, que falou durante a abertura, no Quartel dos Aflitos, a experiência tem disso de sucesso na capital e no interior. 

“Esse encontro é também para coroar essa proposta de trabalho que lançamos em 2015 e sentimos a necessidade de sua expansão, diante da grande demanda. Esse é um momento de ajuste, mas também para avaliarmos a produtividade e os bons frutos que a Ronda Maria da Penha tem apresentado, trazendo muito benefícios para sociedade, especialmente por tratar de temas como a violência doméstica, o feminicídio. E onde já temos a Ronda hoje, temos resultados bastante significativos e animadores”. disse Brandão.

Além do número de atendimentos, os policiais militares envolvidos na Operação Ronda Maria da Penha levam ações de prevenção da violência contra a mulher para escolas, universidades, órgãos públicos, empresas privadas, e outros espaços, com palestras e atividades educativas. Somente com essas ações, mais de 7,7 mil baianos já foram alcançados. De acordo com a comandante da Ronda, major Denice Santiago, durante esses dois anos, muita coisa mudou com o avanço da ORMP. 

Parcerias importantes
A major acredita “que uma das maiores conquistas da Ronda tenha sido a volta da credibilidade da mulher vítima de violência na segurança pública, que encontra na força policial militar pessoas para apoiá-la, assegurar e salvaguardar sua vida. Então, para todos nós, é um trabalho extremamente gratificante, porque temos a certeza de estar oferecendo um serviço de qualidade”. 

Não é só a Polícia Militar da Bahia que tem enfrentado a violência contra a mulher na capital e no interior. Acreditando em ações em rede, a secretária estadual de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira, também destacou durante o evento a importâncias das instituições atuarem integradas. “Trabalhamos em diferentes municípios baianos a campanha ‘Respeita as Mina’, e acreditamos muito nessas parcerias, nessa interação com outros órgãos, como Ministério Público, Tribunal de Justiça, e outros, para o sucesso dessas ações. A Ronda tem tido um protagonismo importante em inibir essa violência, e precisamos continuar avançando”.


Secretaria de Comunicação Social 
Governo da Bahia 

OPERAÇÃO RONDA MARIA DA PENHA FAZ 4,6 MIL ATENDIMENTOS E VISITAS OPERAÇÃO RONDA MARIA DA PENHA FAZ 4,6 MIL ATENDIMENTOS E VISITAS Reviewed by Redação Mural do Oeste on segunda-feira, maio 29, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.