PAI DO PRIMO DE AÉCIO ESCREVE CARTA E DESABAFA: "ELE DESONROU A MEMÓRIA DO PAI E DO AVÔ


Leia abaixo uma carta do Desembargador aposentado Lauro Pacheco de Medeiros Filho. Ele é pai de Frederico Pacheco, primo de Aécio que foi preso por envolvimento no escândalo de propina do senador mineiro. Confira abaixo:
“Aécio: Meu filho Frederico Pacheco de Medeiros está preso por causa de sua lealdade a você, seu primo.
Ele tem um ótimo caráter, ao contrário de você, que acaba de demonstrar não ter, usando uma expressão de seu avô Tancredo Neves, o “mínimo de cerimônia com os escrúpulos”.
Vejo agora, Aécio, que você não faz jus à memória de seu saudoso pai, o deputado Aécio Cunha. Falta-lhe, Aécio, qualidade moral e intelectual para o exercício do cargo que disputou de presidente da República.
Para o bem do Brasil, sua carreira política está encerrada.
Ass. Lauro Pacheco de Medeiros Filho

Desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de Minas Gerais”
PAI DO PRIMO DE AÉCIO ESCREVE CARTA E DESABAFA: "ELE DESONROU A MEMÓRIA DO PAI E DO AVÔ PAI DO PRIMO DE AÉCIO ESCREVE CARTA E DESABAFA: "ELE DESONROU A MEMÓRIA DO PAI E DO AVÔ Reviewed by Redação Mural do Oeste on segunda-feira, maio 22, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.