expr:class='data:blog.pageType'>

A VISÃO ESTRATÉGICA DA CIDADE


Por Maglon Ribeiro  

As cidades crescem, se desenvolvem e, ao lado disso, vivem os contrastes resultantes do movimento acelerado de urbanização ocorrido nas últimas décadas, que reflete de forma direta na qualidade de vida de seus habitantes. Nesse panorama de caos aparente em que os problemas são maiores que as soluções, a gestão de um município, pela complexidade de suas tarefas e elevado volume de recursos e pessoas envolvidas em suas realizações, não pode correr o risco e improviso. Planejar é preciso, para priorizar iniciativas em razão das necessidades e capacidade do município e, sobretudo decidir aonde se quer chegar e acreditar que o futuro pode ser construído.

Planejar é construir a ponte entre o sonho e o possível. Um prefeito que reúne a sua equipe para pensar a cidade, planejar, é um prefeito que se propõe, no mínimo, fazer um governo diferente, ou melhor dizendo ir além do seu tempo, estabelecer objetivos estratégicos, metas e ações visando elevar o seu governo ao nível de gestão de resultados efetivos para a sociedade. O planejamento é, sem dúvida, a única forma de racionalizar recursos e promover as mudanças que as cidades precisam.

Cabe aos administradores públicos abandonar a posição de meros gerenciadores de problemas e assumir definitivamente o papel que a novas formar de governar lhes confere, o de formuladores e executores de projetos de desenvolvimento local.

Antes de os objetivos serem estabelecido e de se iniciar o planejamento, as organizações (as cidades) devem considerar o horizonte de tempo para o qual a estratégia será criada: a VISÃO DE FUTURO. A visão estratégica descreve uma direção futura, cria uma imagem clara para onde a CIDADE   quer chegar, apoia a parceria entre todos os envolvidos na construção do futuro, promove a inovação, motiva e inspira a equipe, orienta os objetivos, expressa a percepção externa, como a cidade, o município quer ser percebido pelo mundo. Essa visão  torna possível aos vários programas sociais ter seus efeitos multiplicadores.

A visão estratégica cobra dos administradores de cidades a resposta a duas perguntas: para onde a cidade caminha hoje? Qual é a vocação da cidade? As respostam possíveis somente se associadas co-responsabilidade entre poder público e a sociedade. Todos os interessados, os agentes sociais, devem estar envolvidos no processo de construir um futuro diferente e, consequentemente uma cidade melhor para se viver.

A função social da cidade é acolher as pessoas. Nela nascemos, crescemos, trabalhamos, nela vivemos. Podemos dizer, com convicção, que a cidade foi criada para as pessoas e não para os automóveis.


A VISÃO ESTRATÉGICA DA CIDADE A VISÃO ESTRATÉGICA DA CIDADE Reviewed by Redação Mural do Oeste on segunda-feira, junho 12, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.