expr:class='data:blog.pageType'>

AGRICULTURA FAMILIAR MOSTRA POTENCIAL DE MERCADO NA SUPERBAHIA 2017






“Uma grande vitrine para os produtos da agricultura familiar”. Com essa afirmativa, o agricultor familiar do município de Ituberá, Luís Cláudio dos Santos, descreveu a participação na oitava edição da Feira e Convenção Baiana de Supermercados, Atacados, Padarias, Restaurantes e Distribuidores (Superbahia), que teve início nesta terça-feira (18), na Arena Fonte Nova, em Salvador.
A maior feira do setor supermercadista do Norte-Nordeste do Brasil traz mais de 30 produtos, de 15 cooperativas baianas, que estão sendo expostos no estande do Armazém da Agricultura Familiar e Economia Solidária, uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e da Superintendência da Agricultura Familiar (SUAF), em parceria com a Rede Caatinga.

Luís Cláudio é presidente da Cooperativa dos Agricultores Familiares do Baixo Sul (Coopafbasul) é um dos expositores do estande do Armazém. “Participar de um evento como esse está sendo muito importante, pois é uma grande vitrine para nossos produtos. Divulgar o nosso trabalho de cooperativismo mostra o fortalecimento da agricultura familiar. Temos a expectativa de fazer grandes negócios, pois temos produtos de qualidade, de alto padrão e que atendem à expectativa do mercado”, disse.
 Segundo o secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, a feira é uma oportunidade de intermediação entre quem produz e quem comercializa, garantindo a manutenção de características de produtos saudáveis, socialmente sustentáveis, justo e com valor agregado forte: “As cooperativas que estão na Superbahia tem capacidade para atender o mercado. Estamos trabalhando o tema da base produtiva, mas com esforço para chegar na parte intermediária, de beneficiamento do produto, da agroindustrialização do produto e de agregar valor a ele”.

A 8ª edição da Superbahia reúne, em um só lugar, atacadistas, fornecedores, distribuidores e outros segmentos de interesse do setor. Durante três dias, o supermercadista baiano fará bons negócios e também terá acesso a 16 eventos técnicos gratuitos, que inclui palestras, fórum e workshop, que oferece conhecimento, capacitação e troca de informações entre os participantes.

De acordo com o presidente da Associação Bahiana de Supermercados (Abase), Joel Feldman, a agricultura familiar faz parte da cadeia extensa que é o supermercado: “A zona rural de qualquer município neste estado tem uma produção que chega às gôndolas dos supermercados e, consequentemente, às mesas dos consumidores. Isso é algo que muito nos honra, pois contribuímos com o desenvolvimento da economia, especialmente da agricultura familiar, onde temos um mundo de oportunidades”.

A Superbahia segue até o dia 20 de julho e no Armazém da Agricultura Familiar o público encontrará uma variedade de produtos como barras de cereais, iogurte, queijo de cabra, néctar de frutas, café, chocolates finos, mel, cachaça e beiju.
AGRICULTURA FAMILIAR MOSTRA POTENCIAL DE MERCADO NA SUPERBAHIA 2017 AGRICULTURA FAMILIAR MOSTRA POTENCIAL DE MERCADO NA SUPERBAHIA 2017 Reviewed by Redação Mural do Oeste on quarta-feira, julho 19, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.