expr:class='data:blog.pageType'>

BAHIA INICIA PESQUISAS TECNOLÓGICAS PARA A INDÚSTRIA AERONÁUTICA






A indústria baiana inicia pesquisas no segmento aeronáutico com a inauguração, nesta terça-feira (29), do Laboratório de Pesquisas Aeronáuticas implantado na sede do Senai Cimatec, em Salvador. Para a realização das pesquisas, Senai Cimatec e Embraer oficializaram uma parceria tecnológica que envolve três projetos a serem desenvolvidos na sede da instituição, somando investimentos de mais de R$ 8,2 milhões. Participaram da solenidade o governador em exercício e secretário do Planejamento do Estado, João Leão, e o secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação, Vivaldo Mendonça.  

De acordo com Leão, o novo laboratório é apenas um embrião do que pode acontecer na Bahia. “Nós queremos que esse centro de tecnologia atraia empresas como a Embraer. Há poucos dias também trouxemos outra empresa de tecnologia e produção de medicamentos, porque fizemos um convênio com o Ministério da Saúde, para produzirmos os mais avançados remédios do mundo. Tudo isso está sendo criado e produzido no Senai Cimatec”. 

O laboratório está implantado em um espaço onde funciona, por exemplo, o segundo maior supercomputador da América Latina e onde já são realizadas pesquisas no setor automotivo. O secretário da Ciência e Tecnologia ressalta a importância do novo segmento. “Esse acordo de cooperação fortalece o ecossistema de ciência, tecnologia e inovação da Bahia. A Embraer é uma empresa de atuação mundial e traz para a nossa rede a possibilidade de formar profissionais e soluções tecnológicas. O Governo do Estado vai estar atuando na consolidação dessa parceria como estratégia de desenvolvimento para todo o estado”. 

Qualificação técnica 

Para o diretor de tecnologia da Embraer, Daniel Moczydlower, no âmbito da indústria aeronáutica, o ponto mais difícil e demorado é exatamente o da qualificação técnica e da competência das pessoas. “E isso a gente tem visto acontecer com muito sucesso aqui na Bahia. Em centros de excelência como o Senai Cimatec de Salvador, desafios tecnológicos que são comuns a várias indústrias são resolvidos em colaboração. Aqui existe um polo que tem a vocação para ser um resolvedor de problemas tecnológicos de interesses a múltiplas indústrias, inclusive a aeronáutica".  

O diretor destaca também que a unidade do Senai Cimatec da Bahia se diferencia pelas áreas em que escolheu aprofundar no conhecimento. “São exemplos a manufatura avançada e eficiente e as tecnologias de sensoriamento. São nichos que o Senai Cimatec se especializou e que tem uma conexão muito importante para o futuro que nós da Embraer enxergamos para a indústria da aeronáutica”. 

Aluno de análise e desenvolvimento de sistemas do Senai Cimatec, Rosalvo Matos Neto faz estágio no Laboratório de Pesquisas Aeronáuticas. “Estou vendo um novo mundo e como este conhecimento se aplica ao que estou estudando. Eu não conhecia nada de aviação, Aprendemos sobre materiais e estamos tendo uma grande experiência no laboratório”, afirma. 
BAHIA INICIA PESQUISAS TECNOLÓGICAS PARA A INDÚSTRIA AERONÁUTICA BAHIA INICIA PESQUISAS TECNOLÓGICAS PARA A INDÚSTRIA AERONÁUTICA Reviewed by Redação Mural do Oeste on terça-feira, agosto 29, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.