expr:class='data:blog.pageType'>

GILSON RODRIGUES UTILIZA O REGIMENTO INTERNO PARA GUIAR A COMPLEXA TAREFA DE SER PRESIDENTE DA CÂMARA DE BARREIRAS


Ser presidente da Câmara Municipal de Barreiras não é uma tarefa fácil. O presidente tem a responsabilidade de gerenciar coisas extramente complexas como por exemplo: os conflitos de interesses de grupos e categorias, precisa saber andar no fio da navalha e administrar as pressões , ter paciência para dialogar com a sociedade e, o que é fundamental, cumprir rigorosamente o Regimento Interno.

O vereador Gilson Rodrigues, que já no seu segundo mandato, chegou a presidência da Casa, soube fazer isso com exatidão e apresentou ainda jogo de cintura e responsabilidade para conduzir com equilíbrio, os momentos de tensão que enfrentou, recentemente, na condição de chefe do parlamento barreirense.

Os momentos mais polêmicos  aconteceram durante a votação dos projetos 09 e 10 de 2017 quando os servidores fizeram intensas movimentações e chegaram mesmo a impedir a realização de algumas sessões. Gilson se portou dentro daquilo que prevê o Regimento e teve o cuidado de não extrapolar nos seus posicionamentos.


Não se pode negar que a situação foi difícil e cheia de tensões. O presidente no entanto fez aquilo que é o correto do ponto de vista da tramitação dos projetos, inclusive realizando uma audiência pública com os servidores e se reunindo no seu gabinete com os sindicatos que representam a categoria, momento em que, manteve diálogo com todos. Mesmo nestes encontros, o presidente sempre dizia que iria se conduzir dentro do que determina o Regimento Interno. Não mentiu, não tergiversou e nem prometeu aquilo que não estava ao seu alcance. Disse, reiteradas vezes que cumpriria fielmente o Regimento. 

E assim o fez.

Tanto é que a Justiça pediu todas as informações sobre a tramitação dos projetos, Gilson respondeu nos prazos solicitados e a própria Justiça entendeu que tudo transcorreu dentro da legalidade regimental, não tendo reparos a fazer quanto a isso.



Agora que passou a ebulição o que se tem que fazer é passar a régua, olhar pra frente e tocar o barco. Isso o presidente já vem fazendo a partir de diálogos com a imprensa, com a sociedade e com categorias profissionais. O legislativo voltou a sua normalidade, como tem que ser, e assim deve caminhar, interagindo com à população em busca dos melhores caminhos para o desenvolvimento de Barreiras.

Desta primeira batalha, Gilson Rodrigues saiu mais experiente e com uma visão aprofundada sobre a complexidade do Poder Legislativo e, sobretudo, sobre os enigmas da alma humana nos momentos de confronto. Esses atributos e requisitos serão ferramentas importantes que ele utilizará no dia a dia do seu trabalho como presidente da Câmara Municipal de Barreiras. Bola pra frente.
GILSON RODRIGUES UTILIZA O REGIMENTO INTERNO PARA GUIAR A COMPLEXA TAREFA DE SER PRESIDENTE DA CÂMARA DE BARREIRAS GILSON RODRIGUES UTILIZA O REGIMENTO INTERNO PARA GUIAR A COMPLEXA TAREFA DE SER PRESIDENTE DA CÂMARA DE BARREIRAS Reviewed by Redação Mural do Oeste on segunda-feira, setembro 04, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Mural do Oeste É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Blog Mural do Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada,Que esteja sem indentificação.

Tecnologia do Blogger.